Estação Náutica Espinho

Estação Náutica

A Estação Náutica de Espinho, agrega um conjunto de entidades locais e regionais, nomeadamente, empresas e associações do setor náutico e turístico, administração local, estabelecimentos de ensino e entidades regionais de turismo, como é o caso do Turismo do Porto e Norte de Portugal. Neste sentido, os diversos agentes locais e regionais, em estreita cooperação com o Município de Espinho, organizam-se e comprometem-se, através da assinatura do "Protocolo de Colaboração para a Constituição da Estação Náutica de Espinho”, para a definição do Plano de Ação, tendo como objetivos gerais, nomeadamente a diversificação da oferta turística, combate à sazonalidade, aumento do gasto por visitante, imagem de referência e qualidade, promoção conjunta de produtos turísticos a nível internacional. 

A Estação Náutica de Espinho, responde à estratégia nacional, regional e local, de valorização do território na vertente do turismo marítimo e costeiro, promovendo a valorização do património ambiental que se estende ao longo de 8 km de costa, incorporando as praias, as ribeiras, a lagoa de Paramos e a atividade piscatória com a arte xávega. Ainda neste processo de valorização, visa fomentar a inovação no cluster do mar e avalia a capacidade de gerar novas atividades, bens, serviços e processos, a partir das competências e recursos endógenos.